“(…)Foi a primeira vez que me foquei na escolha e compra de decorações tendo a perfeita noção que a minha sala é pequena e tudo o que fosse demasiado espalhafatoso iria tornar o espaço ainda mais pequeno. Há uma coisa que nunca me sai da memória nesta altura do ano: ter ido a casa de uma colega na época de natal e a sala dela parecer o circo porque tinha tanta, tanta, tanta bugiganga que chegava a ser claustrofóbico. E eu sei que o espírito do natal nos deixa malucos mas há que ter moderação.

Uma das coisas que disse logo desde início foi que não queria uma árvore. Porque a minha sala já está cheia de plantas – como podem ver aqui – e uma árvore iria tornar isto uma selva. Mas tive de ouvir a minha mãe a repetir a lengalenga da árvore ser obrigatória e que isso me iria trazer más energias. Acabei por ceder mas qb: comprei uma árvore pequena meramente simbólica mas abdiquei de todas as fitas e luzinhas demasiado chamativas (aos gatos, claro)…”

  • Bloggers Club
  • Casa

Também vai gostar de